Seja Bem Vindo, 20 de Janeiro de 2017.
Peixoto de Azevedo - MT
Notícias
Cidades
IOF Ouro resulta em repasse de mais de R$ 6 milhões a municípios
Dados extraoficiais apontam que Governo Federal repassou recursos do Imposto Sobre o Ouro para Prefeituras do Vale do Rio Peixoto.
Publicado em: 04/01/2017 ás 08:41:00 Autor: Noticia Vip Fonte: Noticia Vip

A nossa equipe de reportagem esteve na Cooperativa de Garimpeiros para checar informações relacionadas a produção de ouro nos seis municípios de sua abrangência, ou seja, Peixoto de Azevedo, Matupá, Guarantã do Norte, Terra Nova do Norte, Novo Mundo e Nova Guarita.

Segundo o Presidente da COOGAVEPE, Gilson Gomes Camboim, o levantamento de dados extraoficiais aponta para uma produção recorde de seis a sete toneladas do minério nas cerca de 250 áreas de garimpo legalizadas junto aos órgãos competentes pela cooperativa.

Somente o município de Peixoto de Azevedo produziu de janeiro a abril de 2016 mais de 1,3 toneladas de ouro, podendo superar as 2,5 toneladas do metal precioso. Estes números colocam a região Vale do Peixoto como responsável por 65% de toda produção estadual Mato-grossense.

A prova principal de que a mineração legalizada e com sustentabilidade ambiental continua sendo o principal alicerce da economia regional foi a destinação de recursos federais do Imposto Sobre Circulação Financeira (IOF Ouro) aos seis municípios que deverá fechar 2016 com repasses da ordem de R$ 6 milhões.

O reflexo do incremento da arrecadação dos tributos sobre o ouro foi visível no aumento das vendas de veículos automotores, como motocicletas e automóveis. Nos investimentos feitos pelos garimpeiros na aquisição de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. No compra de materiais para construir, reformar ou ampliar e principalmente na área de gêneros alimentícios para família.

Gilson Gomes Camboim destacou a parceria com os veículos de comunicação e as compras de ouro, onde foi desenvolvida a campanha ‘Exigir a Nota Fiscal é Legal’, considerada o fator principal para que o garimpeiro buscasse associar-se a instituição, a legalização de seu empreendimento mineral e consequentemente na negociação de seu ouro exigisse a nota fiscal, conforme preceitua a legislação.

“Este ano iremos intensificar as campanhas da Cooperativa de Garimpeiros e trabalhar firme no processo de legalização de diversas áreas que tramitam no DNPM e Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Estamos renovando a parceria com todas as prefeituras municipais e colocaremos em prática o Planejamento Estratégico a ser cumprido em 2017 pelo fortalecimento deste importante segmento produtivo e econômico de Mato Grosso”, declarou o Presidente Gilson Gomes Camboim.

  • Tags:
  • IOF Ouro resulta em repasse de mais de R$ 6 milhões a municípios
  • Governo Federal repassou recursos do Imposto Sobre o Ouro
©2017 - Resumo Diário - Todos os direitos reservados.