Seja Bem Vindo, 27 de Junho de 2017.
Peixoto de Azevedo - MT
Notícias
Estado
Área do XV Comando Regional diminui índices de homicídio no primeiro trimestre
O delegado regional, Geraldo Gezoni Filho, enfatizou que a integração das forças policiais, o planejamento estratégico e o empenho de cada profissional, foi fundamental para melhorar os índices criminais.
Publicado em: 15/04/2017 ás 06:55:00 Autor: Só Noticias Fonte: Só Noticias
Foto Por: Arquivo

No primeiro trimestre deste ano, a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Guarantã do Norte (252 quilômetros de Sinop), registrou queda de 64% nos homicídios, se comparado com o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram quatro casos em 2017, enquanto que em 2016 foram 11 homicídios.

 

Nos crimes de roubo e furto também foram verificadas reduções de 29% e 23%, respectivamente. Nos três primeiros meses de 2017 foram registrados 83 roubos. No mesmo período de 2016 foram 117 casos. Em relação ao furto, neste primeiro trimestre foram registradas 324 ocorrências. Já em 2016 o total, no mesmo período, foram 421 casos.

 

O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, reconheceu a atuação das forças policiais na região e acrescentou que o trabalho integrado produz excelentes resultados no combate à criminalidade. “O sucesso do sistema de segurança pública em vários municípios e regiões de Mato Grosso está alicerçado em 3 eixos: investimentos históricos do governo do estado, metodologia de trabalho calcada na interação das forças e da sociedade, bem como no comprometimento dos profissionais de segurança pública”, destacou.

 

Além da cidade de Guarantã do Norte, fazem parte da Risp os municípios de Itaúba, Marcelândia, Matupá, Nova Santa Helena, Nova Guarita, Novo Mundo, Peixoto de Azevedo e Terra Nova do Norte.

 

Segundo o comandante regional da Risp, tenente-coronel PM, Gildázio Alves da Silva, os resultados aconteceram porque houve um planejamento estratégico entre a Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil. “Iniciamos o ano com meta e objetivos traçados para os seis primeiros meses. Até agora já alcançamos excelentes resultados”, enfatizou.

 

Ainda segundo o comandante, as cidades de Guarantã do Norte, Matupá e Peixoto de Azevedo eram os municípios que detinham 80% dos dados criminais de homicídio, roubo e furto. “Por meio da análise criminal, realizamos ações repressivas nestes municípios para conter o avanço da criminalidade. Realizamos ações junto à Polícia Civil para cumprimento de mandados”, avaliou.

 

Alguns municípios da região Norte não tiveram nenhum registro de homicídio, a exemplo de Itaúba, Marcelândia, Matupá, Nova Santa Helena, Nova Guarita, Novo Mundo e Terra Nova do Norte. Destes, dois tiveram casos no mesmo período do ano passado, Itaúba (1) e Matupá (1).

 

O delegado regional, Geraldo Gezoni Filho, enfatizou que a integração das forças policiais, o planejamento estratégico e o empenho de cada profissional, foi fundamental para melhorar os índices criminais. “Temos atuado com energia para combater o homicídio, roubo e furto nos municípios que compõem a Região Integrada de Segurança Pública”.

 

Em Guarantã do Norte a queda de homicídio foi de 80%. No ano passado foram cinco registros. Neste ano foi um caso. O comandante da Polícia Militar do município, major PM Gilson Vieira da Silva, disse que redução dos índices criminais é resultado do esforço integrado das forças de segurança. “Estamos trabalhando para a redução dos crimes, temos obtido bons números devido ao nosso trabalho conjunto. Outras ações repressivas e preventivas serão deflagradas no município”, apontou.

 

Já o delegado do município, Hércules Batista Gonçalves, ressaltou que as ações repressivas têm sido feitas desde o ano passado. “Desde o ano passado para cá conseguimos um decréscimo nos homicídios. Isso tem como fundamento a união do trabalho da Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil e com a participação da comunidade que faz denúncias”, ressaltou.

©2017 - Resumo Diário - Todos os direitos reservados.