Seja Bem Vindo, 11 de Dezembro de 2017.
Peixoto de Azevedo - MT
Notícias
Polícia
Suspeito de envolvimento na morte de adolescente é preso em Nova Ubirtã
O corpo foi Alana encontrado, no dia 15 de abril, pelos familiares, em uma região de mata, em um loteamento, localizado aos fundos da Associação dos Criadores de Terra Nova do Norte
Publicado em: 11/10/2017 ás 07:16:00 Autor: Só Noticias Fonte: Só Noticias
Foto Por: Divulgação

A Polícia Civil confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que um homem de 26 anos, acusado de ser o principal suspeito de assassinar Alana Ramos de Jesus, 15 anos, foi preso, em uma residência, localizada em uma comunidade rural, na região do munícipio de Nova Ubiratã (169 quilômetros de Sinop), esta tarde. O investigador Aray Carlos Barbosa disse, ao Só Notícias, que o acusado estava sendo monitorado pelos policiais da região que hoje conseguiram prendê-lo. “Ele estava morando com uma mulher. Os policiais conseguiram identificá-lo e foi encaminhado à delegacia para ser ouvido”.

 

O corpo foi Alana encontrado, no dia 15 de abril, pelos familiares, em uma região de mata, em um loteamento, localizado aos fundos da Associação dos Criadores de Terra Nova do Norte (Acriterra), em Terra Nova do Norte. Uma das irmãs informou, ao Só Notícias, que encontram o celular e sentiram um forte odor no local. Na sequência, localizaram Alana deitada de bruços, com cortes nas costas.

 

De acordo com a Polícia Militar, Alana foi assassinada com pelo menos duas facadas. Segundo informações da irmã dela, a jovem saiu para entregar um Fiat Strada branco que havia vendido. O veículo foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas proximidades da BR-163, em Itaúba, com os pneus estourados.

 

Uma testemunha que ajudou o acusado com uma carona, na BR-163, a cerca de cinco quilômetros de Itaúba, o reconheceu através de uma foto. Além disso, ele teria gravado um vídeo com o próprio celular de Alana, mostrado o corpo dela, de bruços. Além disso, segundo os investigadores, foi encontrada na residência da vítima, embaixo de uma cama, uma camisa, uma calça e uma bota com sinais de sague. Segundo informações policiais, o suspeito teria assassinado Alana no dia 4 abril por volta das 7h, voltou na casa trocou de roupa e, na sequência, fugiu com o carro. Também houve a detenção deu outro suspeito, que foi já foi ouvido e liberado. De acordo com as investigações, não há materialidade que comprove o envolvimento dele no crime.

  • Tags:
  • Prisão
©2017 - Resumo Diário - Todos os direitos reservados.