Seja Bem Vindo, 13 de Dezembro de 2017.
Peixoto de Azevedo - MT
Notícias
Política
Em sessão itinerante Câmara comemora 24 anos de fundação do Distrito União do Norte
Fundada em 1993, pelo então Prefeito Leonisio Lemos, União do Norte almeja emancipação
Publicado em: 19/04/2017 ás 22:45:00 Autor: Newton Afonso - Assessoria Fonte: Assessoria
Foto Por: Newton Afonso - Assessoria

Na noite desta segunda-feira, 17, a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Peixoto de Azevedo, realizou sessão itinerante no Distrito União do Norte. A sessão foi realizada na Escola Vida e Esperança e contou com a presença maciça da população que compareceu para acompanhar os trabalhos legislativos e ouvir a Palavra de Vereadores e convidados.

A realização da sessão seguiu determinação do Presidente da Mesa Diretora da Câmara quando da elaboração do cronograma de sessões anual, que inclui anual onde foi previsto a realização de pelo menos três sessões no Distrito União do Norte em 2017.

A sessão desta segunda-feira, 17, além da apresentação de projetos do Poder Executivo, indicações e requerimentos, também fez parte das comemorações do 24º Aniversário de Fundação do distrito, fato ocorrido em 17 de abril de 1993.

No uso da Tribuna, na palavra livre, os Parlamentares teceram elogios ao então Prefeito da época, Leonisio Lemos, que se fazia presente e enalteceram a coragem das primeiras famílias assentadas.

Os Parlamentares lembraram ainda dos Vereadores que compunham a Câmara na época que ao lado do Prefeito, abraçaram a causa dando uma nova oportunidade as famílias que buscavam um lugar ao sol.

Dentre os Vereadores eleitos em 2016, e que compõem a Câmara hoje, dois, Zé Fiscal (PMDB) e Rosangela Matos – Zinha – (PSB) faziam parte do legislativo na época e falaram das dificuldades enfrentadas, mas disseram que todo o esforço e trabalho valeram a pena.

Ao fazer uso da palavra, Leonisio Lemos lembrou que na época o setor mineral em todo o Brasil, e em Peixoto de Azevedo não diferente, sofria com o plano Collor, que deixou muitas famílias a mercê da própria sorte. Mas que com apoio de lideranças politicas do município, região, estado e do País conseguiu levar as famílias de garimpeiros de Peixoto de Azevedo, para aquele que se transformaria no maior assentamento da América latina.

 

O presidente da mesa diretora, vereador Paulo Dendena (PMDB), disse que o momento era de comemoração, pois 24 anos após a chegada das primeiras famílias ao local onde foi rezada a primeira Missa, muitas das famílias assentadas ainda permanecem fiéis ao proposito inicial que era o de transformar aquela região em uma área produtiva, se transformando no sustentáculo agrícola do município de Peixoto de Azevedo. O fato vem se consolidando ano após ano, e União do Norte se transformou em um dos maiores produtores da agricultura familiar e seus produtos são colocados a venda nos principais pontos comerciais do município.

Paulo Dendena disse que é sabedor de que o Distrito União do Norte tem plenas condições de caminhar sozinho e sua população quer a emancipação politica e administrativa. Segundo ele este fato se dependesse dos Poderes constituídos do estado já teria se consolidado, mas hoje depende do Governo Federal, que por duas vezes vetou projeto neste sentido aprovado pela Câmara dos Deputados e Senado Federal em Brasília. Paulo enfatizou que a luta deve continuar e que representantes políticos de Mato Grosso na Capital Federal estão empenhado neste sonho que pode se tornar realidade em breve.

©2017 - Resumo Diário - Todos os direitos reservados.