Seja Bem Vindo, 27 de Junho de 2017.
Peixoto de Azevedo - MT
Notícias
Política
Jajah promete acionar Janaina por quebra de decoro e diz que quase apanhou no plenário
No início desta quinta-feira (18), Janaina utilizou as redes sociais para se desculpar pelo ocorrido.
Publicado em: 18/05/2017 ás 11:31:00 Autor: Mídia News Fonte: Mídia News
Foto Por: Divulgação

Os ânimos dos deputados Jajah Neves (PSDB) e Janaina Riva (PMDB) ainda devem ferver muito pelos próximos dias. Após protagonizarem um grande bate-boca, com direito a dedo na cara, durante a sessão plenária desta quarta-feira (18), Jajah prometeu que irá acionar a colega por quebra de decoro. Ele afirma que, além dos insultos que ouviu de Janaina, só não foi “agredido” pela parlamentar em razão dos outros deputados que apartaram a discussão.

 

“Ela se diz muito frágil, mas agora mostrou sua força, quase me bateu dentro do Parlamento. Realmente, é bom conhecer as faces da pessoa, de alguém que se faz de coitadinha para sensibilizar os outros. Eu vou acioná-la dentro do Parlamento por quebra de decoro e vou acioná-la nos meios legais. Esse teatro dela aqui, de quinta categoria, o povo do Estado conhece”, rebateu Jajah após a sessão, visivelmente irritado, em conversa com jornalistas.

 

A rixa entre os dois se deu em função de um discurso feito por Janaina, na tribuna, em que pedia solidariedade dos demais deputados para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigaria os “grampos” clandestinos, perpetrados por um núcleo da Polícia Militar, do qual ela foi alvo. Com lágrimas nos olhos a deputada se disse “abandonada” pelo Parlamento.

 

Em seguida, Jajah Neves acusou a deputada de estar “se vitimizando” e fazendo encenação ao chorar na tribuna. Para ele, Janaina estaria fazendo sensacionalismo e transformando o Parlamento, em suas palavras, num “teatro de quinta categoria”.

 

“É preciso entender a história dela e a minha, a minha história é integra, limpa. Eu sou filho de uma professora que nunca respondeu a um processo na vida, filho de um mecânico que nunca respondeu a um processo na vida. Eu teria vergonha de sair de casa se eu tivesse um pai como o que ela tem, para vir aqui falar de decência. Ela tem que limpar a boca para vir falar de mim, da minha história e da minha integridade. Quem tem rabo de palha não pula fogueira e, ela e a família dela não tem rabo de palha, eles são feitos de palha, e a fogueira está aí para queimá-los”, disse o deputado.

 

Durante a briga, Janaina acusou Jajah – que é suplente e ocupa a vaga de Wilson Santos (PSDB) na Assembleia – de estar repassando cerca de R$ 65 mil que recebe a título de verba indenizatória para o titular do cargo, no caso, Wilson Santos. A prática, se confirmada, é irregular. Além disso, a deputada afirmou que o tucano estaria recebendo dinheiro do Governo para defende-lo no Parlamento.

 

“Isso aí ela vai ter que provar, cabe a ela o ônus da prova. Eu vou acioná-la, porque ela está prevaricando. O Governo que eu represento sabe muito bem do meu posicionamento, eu não sou loco e nem 'taco' pedra em avião. Eu sou de um Governo que não é corrupto, não é ladrão, eu não vim de uma família como a que ela veio, de corruptos, de presidiários e de um Governo que todo mundo sabe o que é, então ela que me respeite”, rebateu Jajah Neves.

 

Pedido de desculpas

 

No início desta quinta-feira (18), Janaina utilizou as redes sociais para se desculpar pelo ocorrido. Na publicação, a deputada assume ter se excedido ao discutir com Jajah. “Como muitos que me acompanham presenciaram ontem, acabei me excedendo na tribuna, desabei em choro e troquei adjetivos muito ruins com um colega. À população de Mato Grosso peço desculpas pela minha postura. Apesar de ser combativa nas causas que acredito, não deveria ter me excedido”, escreveu.

  • Tags:
  • Quebra de Decoro
©2017 - Resumo Diário - Todos os direitos reservados.