Seção de atalhos e links de acessibilidade

Educação 25/09/2020 às 15:13

Fonte: RD News

Escrito por: RD News

Ensino Médio: Seduc e diretores estudam retorno de aula presencial em outubro: 1º o Terceirão

As aulas na rede estadual de ensino de Mato Grosso devem ser retomadas gradualmente de forma presencial no início do mês de outubro.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Divulgação

As aulas na rede estadual de ensino de Mato Grosso devem ser retomadas gradualmente de forma presencial no início do mês de outubro. A possibilidade foi discutida por diretores de escolas públicas do Estado e representantes da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) durante reunião realizada via webconferência, na manhã desta quarta (23). Na ocasião, os profissionais e o Governo debateram planos estratégicos para reabertura das escolas. A data do retorno ainda não foi divulgada pela secretaria.

As aulas na rede estadual de Mato Grosso estão suspensas desde o dia 23 de março para 386 mil alunos devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

PUBLICIDADE

A retomada, inicialmente, seria apenas para alunos do 3º ano do ensino médio devido à proximidade do Enem, cuja as provas da edição 2020 do exame estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021. No decorrer do mês, está previsto o retorno dos 1º e 2º ano do ensino médio, conforme diretores ouvidos pelo 

As salas de aula contariam com número reduzido de alunos, em torno de 14, para evitar contágio e a proliferação do vírus.

A volta gradual das aulas já é de conhecimento do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep), que não vê problemas no processo de recomeço das atividades, desde que seguidas as normas sanitárias para segurança dos profissionais e alunos. 

Segundo material publicado pela Seduc no site do Governo, a pasta vem trabalhando desde o início de junho na elaboração do plano estratégico com medidas de segurança para os alunos e profissionais da educação no retorno às aulas.

Entre as ações estudadas estão a distribuição e o uso obrigatório de máscaras, álcool 70% para higienização das mãos, além da desinfecção, quando necessário, das escolas, bem como o distanciamento de no mínimo 1,5 metro entre os alunos.

Aulas virtuais

Atualmente, os estudantes da rede estadual estão tendo aulas por meio da plataforma digital Aprendizagem Conectada, que pode ser acessada pelo computador e dispositivos móveis. De acordo com um levantamento da Seduc, o atendimento pela plataforma tem alcançado um total de 40.046 alunos, representando uma porcentagem de 84,03% pessoas atendidas de forma remota pelos professores em todo o Estado.

Outro dado aponta que 3.287 alunos têm ficado em média apenas 6 a 4 horas por semana estudando na plataforma Teams. Pouco mais de 3 mil alunos em torno de 16 a 20 horas e cerca de 2.900 estudantes estudam em média 21 a 25 horas semanais.

O desempenho dos estudantes quanto a essa modalidade tem ficado abaixo do esperado, conforme dados da pesquisa. Muitos alunos não têm internet o que acaba dificultando o acesso à plataforma, além de não terem outras condições necessárias para estudar de modo à distância.

A reportagem do  solicitou uma nota da Seduc para saber que já havia alguma data prevista da volta dos estudantes às salas de aula, porém, até a publicação desta matéria não tivemos retorno. O espaço continua aberto para o posicionamento. 



Ver mais