Seção de atalhos e links de acessibilidade

Estado 17/05/2022 às 08:36

Fonte: Repórter MT

Escrito por: Repórter MT

SINOP: Bando espanca e ameaça matar funcionários de lanchonete por não ser atendido

Bando espanca e ameaça matar funcionários de lanchonete por não ser atendido


Foto Principal Notícia

Foto Por: Reprodução

Os agressores se revoltaram pelo fato de o estabelecimento já estar fechando. A confusão aconteceu no domingo (15), em Sinop.

 

Funcionários de uma lanchonete foram brutalmente agredidos no domingo (15), por um grupo de sete pessoas, no estabelecimento localizado no bairro Residencial Florença, em Sinop (500 km de Cuiabá). Ninguém ainda foi preso.

 

O caso foi registrado por volta das 05h30. Câmeras de segurança registraram a pancadaria.

 

Narra o boletim de ocorrência, que os agressores chegaram no local e pediram que fossem atendidos. Entretanto, eles foram informados que o expediente já havia encerrado.

 

Revoltados, um deles começou a ofender os trabalhadores e ainda jogou uma bebida neles. Um funcionário revidou e jogou molho no grupo.

 

Em seguida, eles pularam o balcão e partiram pra cima dos funcionários. A informação é que três dos agressores chegaram a invadir a cozinha, onde pegaram facas e ameaçaram matar uma das vítimas.

 

Depois de toda a confusão, o grupo fugiu do local. Minutos depois, um dos bandidos voltou e ameaçou novamente os funcionários. Além disso, ele começou a a passar em frente da lanchonete com um carro na tentativa de intimidar os trabalhadores.

 

Buscas foram realizadas, mas ninguém ainda foi preso. Por meio de nota, a rede de fast-food lamentou o ocorrido e repudia qualquer ato de violência.

 

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

 

Integra da nota:

 

“A rede de franquias lamenta o ocorrido e repudia veementemente qualquer ato de violência. Um boletim de ocorrência foi instaurado junto a Secretaria de Segurança Pública do Estado. A loja ainda informa que está oferecendo todo o suporte necessário a seus funcionários e colaborando com as autoridades. O atendimento do restaurante em questão já foi reestabelecido”.



Ver mais