Seção de atalhos e links de acessibilidade

Estado 13/10/2021 às 14:01

Fonte: Repórter MT

Escrito por: Repórter MT

Várzea Grande: Família arromba porta e encontra homem nu morto no chão de casa

Família arromba porta e encontra homem nu morto no chão de casa.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Ilustrativa

Ocorrência foi registrada no fim da tarde dessa terça-feira (12) no bairro Marajoara, em Várzea Grande. Polícia aguarda laudo da Politec.

 

Odenir Justino Feo, 52 anos, foi encontrado pelado e morto no chão do banheiro de casa, no fim da tarde dessa terça-feira (12), no bairro Marajoara, em Várzea Grande.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando os paramédicos chegaram apenas constataram a morte de Odenir.

 

A Polícia Militar (PM) foi acionada, isolou o local e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

 

De acordo com vizinhos, o carro da vítima estava estacionado na frente da casa, o que não era costume. Ao se aproximarem, as testemunhas sentiram um ‘cheiro muito forte’, tentaram contato com Odenir, mas sem resposta e com a casa trancada, comunicaram à família.

 

Os familiares se deslocaram ao endereço, onde arrombaram a porta e encontraram a vítima nua no chão do banheiro, já sem vida e em estado de putrefação.

 

Foi relatado ainda que a última vez que viram Odenir foi durante um almoço de família no domingo (10), onde a vítima teria reclamado de falta de ar e cansaço. A família ressaltou ainda que Odenir tinha problemas cardíacos, que no ano passado ficou internado em tratamento e desde então toma vários medicamentos.

 

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e a casa da vítima. Preliminarmente, não foram encontrados indícios de crime tanto no cadáver, quanto no imóvel.

 

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, que determinará a causa clínica da morte.

 

Os investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acompanharam os trabalhos no local e aguardam laudo técnico para concluir o caso, registrado como ‘morte a esclarecer sem indícios de crime’.



Ver mais