Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 20/02/2018 às 16:12

Fonte: Só Noticias

Escrito por: Só Noticias

Equipamentos começam a funcionar esta semana no aeroporto de Sinop e devem diminuir cancelamentos de voos


Foto Principal Notícia

Foto Por: Só Noticias

Os Indicadores de Percurso de Aproximação de Precisão (PAPI) e a Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA) passarão a funcionar no aeroporto João Figueiredo a partir de quinta-feira (22). O gerente da unidade, Frederico Bernardo Silva, afirmou que a tendência é que os aparelhos diminuam o número de voos cancelados ou situações em que os aviões precisam retornar para os aeroportos de origem.

 

O PAPI é um conjunto de aparelhos de iluminação com focos calibrados, instalados ao lado da pista, para ajudar pilotos nos pousos principalmente em dias chuvosos. Já o conjunto EPTA fornece informações de voo e de alerta, auxilia a navegação aérea, e as operações de pouso e de decolagem. “Sinop passa a ter uma informação meteorológica oficial. Qualquer aeronave, ao receber informações oficiais se sentirá mais segura para efetuar o voo”, explicou Frederico.

 

A EPTA será operada, inicialmente, por uma equipe da Aeronáutica, que chega em Sinop nesta quarta-feira. “Chama-se operação assistida. Eles fazem a operação inicial por uma semana e depois deixam uma empresa fazendo este trabalho”, resumiu o gerente do João Figueiredo.

 

Atualmente, o terminal de passageiros do aeroporto sinopense está em reforma nos setores de embarque e desembarque. Serão investidos R$ 538 mil de recursos próprios da prefeitura. Serão construídas mais 4 salas para o setor administrativo, ampliação do check-in local, local para instalação de uma guarnição policial, mais guichês para locação de veículos, revisões na parte elétrica, pintura e reformas no banheiro.

 

A ordem de serviço foi emitida em janeiro, com previsão de conclusão de três meses. Conforme Só Notícias já informou, o aeroporto é uma das 13 unidades que entrou no estudo para concessão à iniciativa privada pelo governo federal, que foi anunciado pelo presidente Michel Temer. Além de Sinop, o bloco de Mato Grosso é composto pelos aeroportos de Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta e Barra do Garças, o limite para ressarcimento do estudo técnico será de R$ 22,8 milhões.



Ver mais