Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 27/07/2021 às 14:15

Fonte: R7/Agência Estado

Escrito por: R7/Agência Estado

Estudo sobre CoronaVac não prova necessidade de reforço com 3ª dose

Um estudo publicado por pesquisadores chineses mostrou que uma terceira dose da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac, impulsiona o número de anticorpos produzidos pelo organismo.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Christiano Antonucci/Secom-MT

Pesquisadores sugerem que deve ser levado em contra efetividade das vacinas, situação epidemiológica e oferta de imunizantes

 

Um estudo publicado por pesquisadores chineses mostrou que uma terceira dose da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac, impulsiona o número de anticorpos produzidos pelo organismo.

 

Os dados não significam, necessariamente, que países que aplicam esta vacina, como o Brasil, devem dar uma dose adicional agora. Mais pesquisas ainda são necessárias para determinar a necessidade do reforço.

 

Na segunda-feira (26), a secretária extraordinária de enfrentamento à covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite, descartou que seja feita a aplicação de terceira dose - ou dose de reforço - de qualquer que seja o imunizante no país.

 

No lugar, Rosana afirmou que a pasta já discute o calendário vacinal do próximo ano, o que será motivo de fórum entre especialistas brasileiros e comunidade internacional. Leia a reportagem completa aqui, no R7, site da Record TV.



Ver mais