Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 13/02/2020 às 10:23

Fonte: Só Noticias

Escrito por: Só Noticias

Júlio nega possibilidade de compor com Jose Medeiros e disputar eleição para o Senado


Foto Principal Notícia

Foto Por: Divulgação

O ex-senador e ex-governador Júlio Campos oficializou o seu nome como um dos interessados do Democratas para disputa da eleição suplementar do dia 26 de abril que vai escolher o substituto da senadora cassada, Selma Arruda (Podemos). Até o momento, ele é o único a formalizar a intenção ao partido, mas outros nomes podem ser registrados até sexta-feira (14), quando termina o prazo estipulado pela direção da sigla em Mato Grosso.

 

“Falei, há cinco minutos, com o presidente nacional do partido, deputado ACM Neto, e ele me confirmou que o partido fechou questão com a minha candidatura e que vai realizar uma pesquisa em Mato Grosso”, disse ao Só Notícias.

 

Júlio também negou que tenha intenção de se aproximar do deputado José Medeiros (Podemos) para ocupar uma suplência de chapa encabeçada pelo parlamentar, conforme foi cogitado durante o dia e, supostamente, aventado numa reunião da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA), em Brasília, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

O democrata enfatizou que não conversou com Medeiros e ressaltou que abriu diálogo com Nilson Leitão (PSDB) e com Carlos Fávaro (PSD) fixando um pré-acordo de apoio mútuo ao melhor colocado nas pesquisas. “Tenho interesse em ser candidato e busco um suplente que seja do Nortão e outro do sudoeste”, acrescentou.

 

O deputado José Medeiros tem evitado falar da eleição em respeito à legislação eleitoral e aos prazos legais para defesa de Selma Arruda, que integra os quadros do Podemos. Ele sequer se apresenta como pré-candidato, mas, por meio da sua assessoria, já adiantou que não enxerga compatibilidade entre o seu projeto político e o de Júlio Campos e descartou qualquer possibilidade de composição de chapa com o democrata numa eventual candidatura.



Ver mais