Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 04/08/2022 às 13:34

Fonte: Mídia News

Escrito por: Mídia News

Líder do PSB pede palanque aberto: Melhor caminho para Mendes

Líder do PSB pede palanque aberto: Melhor caminho para Mendes


Foto Principal Notícia

Foto Por: Mayke Toscano

 

Max Russi quer garantir apoio à candidatura de Natasha Slhessarenko (PSB) ao Senado

 

O presidente estadual do PSB, deputado Max Russi, afirmou que o melhor caminho para a campanha de reeleição do governador Mauro Mendes (União Brasil) é manter o palanque aberto ao Senado.

 

Nesse cenário, Mendes não apoiaria um único nome, podendo ter em seu grupo os pré-candidatos Wellington Fagundes (PL) e a médica Natasha Slhessarenko (PSB).

 

“Tenho defendido essa tese de que para o Mauro é o melhor caminho, porque consegue formar uma boa coligação, ter um bom tempo de TV e também leva sua mensagem, faz uma discussão sem uma marca muito forte com A ou B”, disse em entrevista à Rádio Conti, nesta quinta-feira (4).

 

Max tem defendido o palanque aberto desde quando a ideia foi mencionada por Mendes. Apesar disso, ele contou que também está buscando novos caminhos para Natasha, caso o governador defina um palanque fechado. A possibilidade existe, porque ele fechou aliança com o presidente Jair Bolsonaro (PL), que apoia Wellington.

 

Neste cenário, Max afirmou que se houver a coligação com o PL, Natasha ficaria livre para fazer “outros entendimentos”.

 

Suplência da médica

 

O PSB de Max lançou Natasha ao Senado, mas mantém aberta as duas suplências do cargo. Segundo ele, a situação ocorre devido a indefinição de Mendes sobre o palanque.

 

De acordo com ele, a prioridade, no momento, é buscar nomes do partido para formar uma chapa pura, ideal caso o palanque aberto se concretize.

 

 No entanto, siglas de fora já manifestaram interesse em compor a suplência da médica em um quadro em que ela não faça parte do palanque do governador.

 

“O Solidariedade manifestou interesse em suplência, o PDT manifestou interesse, fizemos uma conversa com PSDB, mas não avançou em termo de propor nome ou falar de interesse de suplência”, explicou.



Ver mais