Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 29/10/2020 às 10:37

Fonte: Muvuca Popular

Escrito por: Muvuca Popular

Mendes vai a Brasília discutir compra da vacina para covid-19

Bolsonaro é contra compra da vacina chinesa.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Divulgação

O governador Mauro Mendes (DEM) deve participar de uma reunião na próxima terça-feira (3), em Brasília, com os presidentes da Câmara dos Deputados e Senado Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM) e senador Davi Alcolumbre (DEM), respectivamente.

A reunião também deve ter presença de outros governadores. Na pauta do encontro, estará a compra de vacina contra a covid-19 e a distribuição aos estados.

Recentemente, o ministro da Saúde havia anunciado aos governadores que a União iria comprar e distribuir a vacina Coronavac, de farmacêutica chinesa, mas o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse não vai comprar a vacina.

Mauro Mendes sinaliza que espera que o Governo Federal conceda uma vacina segura aos estados. Mendes não declara preferência por uma vacina específica e disse esta semana que, se o Governo Federal não distribuir a vacina, Mato Grosso vai comprar.

Diante da divergência entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde general Eduardo Pazuello, o governador Mauro Mendes emitiu uma nota em que sutilmente dá um recado ao Planalto. 

“O Governo de Mato Grosso defende que o Governo Federal lidere esse importante processo e disponibilize a vacina contra a covid-19 à população. E o mais importante: que as vacinas entregues sejam confiáveis e devidamente atestadas pelos órgãos sanitários”, afirmou Mauro Mendes, por meio da nota.

Assim, o governador ,que já anunciou a distribuição da vacina chinesa em janeiro de 2021, não se posicionou em defesa do ministro, mas também deixou nas entrelinhas que o presidente é o responsável pelo caminho que o Brasil vai seguir e não os Estados, como fez Bolsonaro no início da pandemia do coronavírus.

 

 



Ver mais