Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 29/06/2020 às 17:15

Fonte: RD News

Escrito por: RD News

O prefeito de Matupá Valter Miotto (MDB) em seu gabinete na prefeitura;

Prefeito de Matupá propõe multa a quem fizer reuniões e reclama da falta de UTIs

gestor enviou projeto para vereadores, prevendo multa para moradores

O prefeito de Matupá (680 km de Cuiabá), Valter Miotto (MDB), quer aplicar multa para quem promover festas e outras aglomerações durante a pandemia da Covid-19.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Divulgação

O prefeito de Matupá Valter Miotto (MDB) em seu gabinete na prefeitura; gestor enviou projeto para vereadores, prevendo multa para moradores

O prefeito de Matupá (680 km de Cuiabá), Valter Miotto (MDB), quer aplicar multa para quem promover festas e outras aglomerações durante a pandemia da Covid-19. Foi encaminhado à Câmara de Vereadores um Projeto de Lei que prevê multa de R$ 500 para cada pessoa que for flagrada em festa, além de penalidades ao proprietário do imóvel.

A medida foi elaborada junto ao Ministério Público do Estado e deve ser estendida a outros 5 municípios no entorno. “Tem muitas cidades próximas e estamos elaborando ações em conjunto para conter a doença”.

O gestro ainda criticou o Governo do Estado que teria demorado para implantar UTIs e não estaria cumprindo com os repasses de recursos, como a parcela referente ao IPVA, que só teria sido paga a metade.  “Da União, Matupá deve receber R$ 4 milhões para compensar a perda na arrecadação que cobre metade do prejuízo de R$ 8 milhões”

Pedido ao MPE para fechar o comércio

Na última sexta (29), Matupá foi considerada, pela secretaria estadual de Saúde, com alto risco de contaminação, de acordo com decreto estadual, deve adotar medidas mais rígidas, como a quarentena obrigatória por 15 dias, com o fechamento do comércio.

Nesse sentido, o advogado Paulo Lemos, morador da cidade, entrou com pedido no MPE para que, além do fechamento do comércio, sejam colocadas barreiras sanitárias nas entradas e saídas. “Estou preocupado com o aumento de casos e o pedido visa que a Justiça haja para que o município cumpra com as medidas recomendadas pelo Governo do Estado”.

Mas o prefeito acredita que tem feito sua parte atendendo à população e intensificando a fiscalização. Destacou que a Saúde do município tem seguido protocolos de cuidado com testagem de todos os casos suspeitos, medicamentos logo na fase inicial.

“Estamos trabalhando em diálogo com o MPE e outros prefeitos, e cuidamos ainda da saúde financeira, sem exageros com medidas onde não há resultado. Tem medidas que não contém o crescimento do contágio e precisam ser adaptadas á realidade do município”, disse Miotto.

Lembrou que as ações só podem ser eficientes com o engajamento da população. “As pessoas não podem descuidar, fazer festas, aglomerações, por isso queremos multas que não está sendo responsável”.

Além próxima à fronteira com o Pará, Matupá está no entroncamento das BRs 163 e 080. Segundo o prefeito, a preocupação também é que com os postos de combustíveis que funcionam como dormitórios de caminhoneiros que precisam trafegar a safra de grãos.



Ver mais