Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 13/01/2021 às 15:50

Fonte: Repórter MT

Escrito por: Repórter MT

Secretário de Saúde admite que volta às aulas é improvável em MT

Consideração do secretário é com base nos últimos dados epidemiológicos que mostram o crescimento de casos de covid-19 e com isso o risco de colapso na Saúde Pública.


Foto Principal Notícia

Foto Por: Repórter MT

Consideração do secretário é com base nos últimos dados epidemiológicos que mostram o crescimento de casos de covid-19 e com isso o risco de colapso na Saúde Pública..

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo deixou claro à imprensa, nesta quarta-feira (13), que os dados epidemiológicos indicam que não há condições sanitárias para retomar as aulas presenciais em Mato Grosso, mas a definição do Governo do Estado só será anunciada na sexta-feira (15).

“Nós entendemos que o crescimento de casos no Estado, o crescimento da taxa de ocupação da UTI, nos traz uma temeridade de retornar as atividades presenciais... Na luz dos dados epidemiológicos nós sinalizamos que é temoroso nesse momento voltar às atividades presenciais”, apontou o secretário.

O Executivo realizou uma análise, que ainda será divulgada, na qual aponta o crescimento da taxa de ocupação nos leitos hospitalares, o que inviabiliza a retomada.

“Sem vacinação. Sem remédio especifico para o tratamento. Sem leitos suficientes para que aqueles que demandarem dá assistência hospitalar, é temeroso nesse momento ter concentração presencial nas escolas”, afirmou Figueiredo.
A decisão, segundo Gilberto, deve ser anunciada após uma reunião que será feita na Secretaria Estadual de Educação (Seduc), na quinta-feira (14), na qual o governo também vai levar em conta o resultado de uma enquete feita junto à população.

“Nós temos previamente uma análise realizada, mas nós queremos divulgar na sexta-feira uma decisão do Governo, compartilhada com a opinião dessas demais instâncias”, disse.



Ver mais