Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 31/07/2020 às 11:44

Fonte: Muvuca Popular

Escrito por: Muvuca Popular

Sintep se manifesta contra retomada das aulas em Mato Grosso

Sindicato junto de pais de alunos, professores e médicos

apoiam a suspensão das aulas como controle da pandemia


Foto Principal Notícia

Foto Por: Divulgação

OSindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), se manifestou contra a retomada das atividades presenciais nas escolas estaduais. Em um texto publicado nesta quinta-feira (30), o Sindicato prestou apoio aos pais, professores e médicos que pedem a suspensão das aulas como controle da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Festas de fim de ano e até o carnaval de 2021 foram cancelados devido a pandemia do novo coronavírus, mas para governos Federal, estaduais e municipais o retorno das aulas presenciais ainda este ano é uma possibilidade, mesmo com inúmeros riscos à saúde e a vida de milhões de alunos, trabalhadores da educação e familiares que podem ser contaminados”, argumenta o Sintep.

Na “nota”, o Sindicato afirma que o desejo para a retomada do calendário escolar não está relacionado ao bem-estar dos alunos, mas sim, nos lucros trazidos pela classe estudantil.

“O argumento para a volta às aulas a qualquer custo é que as crianças e adolescentes não podem perder o ano letivo, mas o que vem fazendo governadores e prefeitos desprezarem os cuidados com a saúde e a vida é a pressão econômica dos donos de escolas particulares que temem perder alunos e, consequentemente, lucros”, explica a entidade.

Além disso o Sintep declarou que o posicionamento contrário é em favor aos pais, professores e médicos mato-grossenses que entendem que agora não é o momento para expor os estudantes ao vírus.

“A maioria das mães, pais, professores e médicos infectologistas são contra o retorno das atividades escolares enquanto a curva de contaminação estiver em alta, com média diária de mais de 40 mil casos confirmados e mais de mil mortes por Covid-19, doença provocada pelo vírus, como vem ocorrendo”, aparece no texto.

Confira a nota na íntegra AQUI.



Ver mais