Seção de atalhos e links de acessibilidade

Política 12/05/2022 às 10:34

Fonte: Repórter MT

Escrito por: Repórter MT

Tribunal de Contas da União mantém suspensa obra do BRT

Tribunal de Contas da União mantém suspensa obra do BRT


Foto Principal Notícia

Foto Por: Reprodução

 

A decisão foi proferida na sessão de quarta-feira (11), um dia após o governador Mauro Mendes (DEM) ter se reunido com ministro Aroldo Cedraz.

 

O Pleno do Tribunal de Contas da União (TCU) manteve, por unanimidade, nesta quarta-feira (11), a decisão cautelar do ministro Aroldo Cedraz, que suspendeu todos os trâmites para o início das obras do BRT (Bus Rapid Transit) em Cuiabá e Várzea Grande.

 

A decisão vem um dia após o governador Mauro Mendes (União Brasil), acompanhado de secretários e bancada federal de Mato Grosso, se reunir com o ministro, em Brasília.

 

Ao colocar a matéria em análise, Cedraz determinou que a cautelar seja encaminhada para equipe técnica da Corte para dar seguimento a todas as medidas requeridas no processo.

 

Para o ministro, abandonar a obra inacabada do VLT, que já custou mais de R$ 1 bilhão, e trocar pelo BRT, seria uma decisão que não foi baseada em uma avaliação sistêmica e integrada e com estudo robusto.

 

A decisão atende a pedido feito pela Prefeitura de Cuiabá, do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que se posiciona contra a troca do modal.

 

Esta semana, após a primeira decisão que suspendeu a obra do BRT, Emanuel sugeriu que o ministro viesse para Mato Grosso vistoriar a obra do VLT inacabada.



Ver mais